quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

TiL=Time is Life, TéV=Tempo é Vida, 0O7=Prioridades Online 2017

A minha prioridade pode exprimir-se numa abreviatura de 3 ou 6 letras: TiL=Time is Life ou TéV=Tempo é Vida ou TiLTéV. O tempo é a prioridade das prioridades: como usamos o nosso tempo condiciona de forma prioritária a nossa saúde, felicidade, eficiência, desenvolvimento das nossas capacidades de inteligência, criatividade, memória, etc.
Imagino que esta minha prioridade seja também a prioridade que condiciona as outras prioridades, sobretudo dos “navegadores” ou “consumidores” de informação online.
O melhor professor de informação online que conheço, (1), diz que a gente se fia de Google e de quem conhece pessoalmente ou online através do conteúdo interessante que encontra. Mas se Google e motores de buscas estiverem prostituídos ou corrompidos pela publicidade e populismo pode aprecer em primeiro lugar de mais de 50.000 de resultados a mentira populista e em último a verdade mais inteligente e mais útil para um futuro melhor.
Se inventassemos motores de buscas que nos dão na primeira página os resultados mais importantes das nossas buscas por ordem de prioridade seria uma das melhores invenções de economia do tempo online. Não podemos inventar motores de buscas se não passámos uma grande parte do nosso tempo a aprender a criar motores de buscas. Mas talvez possamos dar sugestões aos motores de buscas para melhorarem os resultados e contribuir à prioridade dos melhores e MOL=Morte-On-Line dos piores.
Até este momento o mais famoso motor de buscas é sem dúvida Google. Mas muitas vezes encontro melhores resultados com Bing ou Yahoo. Com Google encontrei em primeiro resultado um site de publicidade sem nenhuma das palavras que eu procurava. Se estivesse na secção de publicidade seria uma má publicidade mas tolerável do ponto de vista ético ou moral. Mas se aparece publicidade sem nenhuma relação com o que procuro nos resultados de buscas é um crime legal online: rouba tempo ao consumidor de informação online com danos para o motor de buscas e danos para a empresa que faz publicidade. O consumidor que se sente enganado com 2 mentiras no primeiro lugar de mais de 50 milhões de resulados de Google passa a duvidar do mais famoso motor de buscas. Quando a publicidade é muito invasiva e disturba fora do argumento cria antipatia. Imagino que se desenvolverà sempre mais um inconsciente individual e coletivo de simpatia com os melhores e antipatia com os piores.
Se a ONU ou Neo-ONU inventarem um sistema onde com um clique, (clic, klik, clik, klic?), se dá um prémio e com outro uma punição, controlados por um TIO=Tribunal Internacional da ONU, e uma JsF=Justiça sem Fronteiras pode economizar milhões ou biliões de horas perdidas em mentiras disfarçadas de verdade ou populismo disfarsado de inteligência científica.
O sistema do “like” de Facebook seria muito mais útil se não existissem sistemas de compra, corrupção e prostituição dos gostos.
Se a ONU, Neo-ONU ou qualquer organização honesta internacional inventarem um sistema fácil de premiar a honestidade, ética, moralidade e utilidade social global com punição dos piores podem contribuir à melhor revolução do futuro. Imagino um sistema inteligente não corrompido pela publicidade e populismo com um botão para premiar os melhores e propor a MOL=Morte-OnLine dos piores. Os sites que aparecem em primeiro lugar nos motores de buscas sem nada de relacionado com o argumento procurado, ou são muito espertalhões nas tecnologias de publicidade ou os motores de buscas estão corrompidos. Imagino que o simples perigo da MOL=Morte-On-Line dos sites, artigos ou blogs, fóruns e dos motores de buscas que os apresemtam em primeiro lugar, poderia contribuir à melhor revolução dos motores de buscas do futuro e reduzir a atual PMM=Prostituição-Moral-Mental dos motores de buscas condicionados pela pior publicidade ou populismo.
As melhores prostitutas ocupam o seu tempo com quem paga mais. Muitíssimo menos imoral dos motores de buscas que colocam em primeiro lugar as mentiras da publicidade enganadora roubando tempo de biliões de consumidores de informação com o que não lhe interessa e pode servir na roubar tempo para comprar o pior ao mais caro preço.

Marcadores: , , , , , , , , , ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial